[ x ] Fechar

Tubulações em cobre e alumínio na instalação do ar-condicionado: saiba as diferenças

  • 14 de janeiro de 2015
  • 17 Comentários

Ao adquirir um ar-condicionado Split, a instalação do aparelho é um assunto importante e deve ser realizado por quem realmente entende. Em alguns casos, o custo pode ser considerável em comparação ao valor do aparelho, mas um trabalho adequado e o material utilizado de qualidade são fundamentais para o bom funcionamento do produto.

Encontre as maiores ofertas de ar-condicionado em nosso comparador de preços.

Por causa desses valores elevados, muitas empresas saíram à procura de soluções para reduzi-los. Uma dessas soluções, que está ganhando cada vez mais espaço na instalação de Splits, é a substituição dos tubos de cobre por outros feitos de alumínio. Mas você sabia que existem grandes diferenças entre ambos e que isso pode influenciar na instalação? Confira abaixo:

Vantagem do preço
Pelo alumínio ser um mineral muito mais abundante na crosta terrestre do que o cobre e bem mais leve – sendo aproximadamente 30% do peso cobre – é natural que seu preço seja bem menor.

Por causa disso, a grande vantagem encontra-se nos termos de custo: enquanto um rolo de tubo de cobre flexível de ¼ custa em média R$ 65, o rolo de tubo de alumínio, com a mesma medida pode ser adquirido por R$ 25 – uma economia significativa em tubulação ao se usar o alumínio ao invés do cobre.

Contras
Já uma das desvantagens do uso de alumínio é que, na região de contato entre o metal e as conexões de latão (porcas, emendas, niple, etc.) em presença do ar atmosférico pode ocorrer o fenômeno chamado corrosão galvânica, ou seja, o alumínio fica poroso no flange, iniciando o vazamento com apenas um ou dois anos de uso.

Além disso, há o fato de ser um material muito mais frágil e fácil de ser amassado, e uma vez danificada a tubulação, não pode ser consertada: deverá ser totalmente substituída.

Outra desvantagem é que o alumínio possui menor condutividade térmica que o cobre, fazendo com que o equipamento demore mais tempo para funcionar.

Uso do cobre segue
Apesar do “boom” de muitos fabricantes do setor promovendo o uso do alumínio, há ainda empresas e instaladores que não abandonam o cobre, alegando que visam acima de tudo a qualidade do serviço prestado.

Jairo Bertoni, técnico de instalação e diretor da Bertoni & Araújo LTDA, loja de eletrodomésticos localizada em Ituiutaba, Minas Gerais, defende indubitavelmente o uso do cobre. “Meu argumento é somente físico, estrutural e molecular: não uso alumínio pelo fato de ser mais frágil em tudo. Tenho histórico com o produto e sei que não tem comparação a vida útil. O alumínio fura e degrada, perdendo rendimento e suas características físicas com o tempo de modo muito mais rápido que o cobre”, argumenta o especialista.

Sendo assim basta decidir: economia ou qualidade? Grande parte dos profissionais que costumamos conversar ainda preferem o cobre.

Redação do Portal WebArCondicionado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 Ideias sobre "Tubulações em cobre e alumínio na instalação do ar-condicionado: saiba as diferenças"