Um grupo de pesquisadores da Universidade do Alabama criou um projeto para descobrir formas de reduzir a energia usada para aquecer, resfriar e ventilar edifícios. Liderados pelo professor Zheng O’Neill, a equipe está desenvolvendo padrões de teste e estratégias de controle para sensores usados ​​em sistemas de HVAC, em prédios comerciais e residenciais.

Hoje, cerca de 13% de toda a energia produzida nos Estados Unidos é usada para aquecer, refrigerar e ventilar edifícios. Sendo que grande parte é desperdiçada, ou seja, é usada quando os edifícios estão desocupados.

Leia também: 10 dicas para economizar o consumo de energia do ar-condicionado

Por esse motivo, o objetivo do projeto é desenvolver um programa que suporte sensores de presença inovadores e altamente precisos. Além disso, o programa terá contadores de ocupantes, que otimizam o sistema de HVAC para que ele funcione de acordo com a quantidade de pessoas presentes em cada ambiente a ser climatizado.

Expectativas da redução de energia

Os estudiosos querem utilizar tecnologias de comunicação eletrônica de baixo custo já existentes e pretendem reduzir o uso de energia de HVAC em 30%. “Avanços desse esforço ajudarão a garantir a independência e a liderança energética dos EUA no campo dos edifícios inteligentes e eficientes em termos energéticos”, disse O’Neill.

O protocolo de teste e o conjunto de simulação propostos, que podem ser usados ​​para qualquer tecnologia de eficiência energética de HVAC orientada por sensor, serão testados e validados em ambientes controlados por laboratório lado a lado no Delos Well Living Lab e Pacific Northwest National Laboratory’s Lab Homes. Haverá também testes realizados em quatro edifícios comerciais e quatro casas residenciais em duas zonas climáticas.

Redação do Portal WebArCondicionado.