A fim de facilitar o controle do nosso amigo ar-condicionado, dois empreendedores planejaram um modo de aliar a tecnologia a essa causa. Haruumi Shiode e Mash Ohtsuka fizeram uma parceria em um empreendimento chamado Nature Remo. Sua missão? Converter uma unidade de ar condicionado simples para um dispositivo inteligente através da comunicação com um dispositivo (Já existem alguns aplicativos disponíveis para controlar o aparelho, que podem ser baixados em smartphones com Android ou iOS).

Por poder controlar o ar-condicionado à distância, a finalidade do projeto preza pela sustentabilidade, já que a ideia serve também para economizar. “Eu decidi que queria construir algo para contribuir com o consumo de energia”, explica Shiode. Após anos de trabalho na área de investimentos, voltados especificamente para esse setor, ele já sabia desde o início que queria inovar em como consumimos energia. Assista ao vídeo:

Juntando-se com Oshtsuka, eles desenvolveram um componente que atua como um controlador. Para sermos mais objetivos, ele funciona através de um app que, quando “conectado” ao ar-condicionado, permite que as pessoas se beneficiem da tecnologia para utilizar o aparelho.

A comunicação entre os dois é feita por Wi-Fi, mas também não se limita a isso, podendo também acontecer por infravermelho. Então, através do aplicativo, os usuários podem controlar o ar-condicionado de qualquer lugar, ajustando a temperatura, o modo de climatização, ou ligando e desligando o aparelho.

Sensores e lançamento
Além disso, o app controlador possui sensores não só para essas funções, mas também para movimento, voz e iluminação, podendo detectar quando as pessoas ou animais entram e saem de uma sala, por exemplo, e assim selecionando as configurações mais adequadas ao ambiente.

A dupla lançou campanha no KickStarter no dia 23 de maio para que, atingindo a meta através do financiamento coletivo, consiga introduzir o Nature com a arrecadação de US$ 30 mil. Apesar do alto custo, os empreendedores afirmam que o dispositivo deverá ter um valor acessível quando começarem as vendas.

Mais apostas
Após a comercialização do produto, o plano dos investidores é lançar ainda um plug de alimentação para ser ligado aos outros componentes, devendo ser inserido em uma tomada e no ar-condicionado, para identificar a energia consumida pela máquina. Desse modo o monitoramento do consumo poderá ser útil para controlar a conta de energia elétrica. A tecnologia já foi desenvolvida mas ainda está em fase de testes.

Redação do Portal WebArCondicionado