[ x ] Fechar

Energia elétrica ficará mais barata em fevereiro

  • 28 de janeiro de 2016
  • Nenhum Comentário

Energia elétrica ficará mais barata em fevereiroA Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), aprovou na terça-feira, mudanças no sistema de tarifas, o que irá diminuir o valor das contas de luz a partir de fevereiro. A principal mudança será a criação de um novo patamar de cobrança da bandeira vermelha. Além disso a Agência reduziu os valores adicionais que vêm sendo cobrados por conta do acionamento das térmicas.

Hoje o sistema de cobrança tem três patamares, a bandeira verde, a amarela e a vermelha. A verde não possui taxa de cobrança e continuará assim, e a amarela que era de R$2,50 a cada 100 kWh, ficará R$1,50. Já a vermelha, a partir do dia 1º, será dividida em dois patamares, um com cobrança extra de R$ 3,00 para cada 100 kWh, e outro que irá manter o valor de R$ 4,50 por 100 kWh consumidos.

O que determina a aplicação de uma ou outra bandeira
O fator que determina se uma bandeira ou outra entra em vigor é o custo da energia produzida pelas termelétricas em operação. A bandeira vermelha é aplicada quando o custo for de R$ 610 MWh ou mais.

A termelétrica mais cara hoje, tem um custo de R$600 para cada MWh produzido. E segundo o diretor da Aneel, André Pepitone, se esse valor continuar assim, em fevereiro a taxa extra será a do primeiro patamar da vermelha, deixando as contas de luz mais baratas.

Nesse caso, a redução seria de 33%, mas ainda não está definido. A Aneel ainda não anunciou qual a bandeira que entrará em vigor a partir da próxima segunda-feira.

Há chances de entrar em vigor a bandeira amarela ainda em 2016
Desde janeiro de 2015, quando o sistema de bandeiras entrou em vigor, sempre vigorou a bandeira vermelha. E a bandeira amarela só entrará em vigor se as termelétricas em operação chegarem a um custo de produção de até R$ 422,56 para cada MWh. O que só vai acontecer se chover forte por um bom tempo e o nível dos reservatórios das principais hidrelétricas em operação subirem.

Acesse aqui a calculadora de consumo e veja quanto o seu ar-condicionado gasta de energia.

Redação do Portal WebArCondicionado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *