[ x ] Fechar

Em baixa: 75% das casas à venda na Espanha não têm ar condicionado

  • 16 de fevereiro de 2017
  • Nenhum Comentário

É curioso como a Espanha, um dos países mais quentes da Europa, ainda não tenha uma alta porcentagem de casas com ar-condicionado para combater as altas temperaturas. Pelo menos essa é a conclusão de um estudo do Idealista, portal imobiliário de referência no país.

Na verdade, os profissionais instaladores de ar-condicionado de Barcelona e Madrid, por exemplo, ainda têm muito mercado adiante para fazer crescer, considerando que aproximadamente 25% das casas que estão à venda atualmente contam com o aparelho.

Isso acontece com a maioria das cidades do norte da Espanha. Por não sofrer tanto no verão como as outras cidades, a venda e instalação de ar-condicionado é muito menor. Assim, entre os locais com menos aparelhos estão Ovied, com 0,5%; Vitoria (0,6%), Coruña (0,7%), Santander (0,8%) e León (0,8%), de acordo com os dados divulgados. Com esses números reduzidos, nos últimos tempos começou uma crescente busca dos proprietários por especialistas na colocação de ar-condicionado, pois é um extra muito valorizado, tanto ao comprar como ao alugar.

Quais são as cidades com alto percentual de ar-condicionado na Espanha

Apesar desse percentual geral ainda reduzido, há certas cidades onde os números estão crescendo significativamente. De acordo com o Idealista, Sevilha tem ar-condicionado em 66,1% das casas para venda, o que representa quase 40% da média nacional. Outros locais com bons resultados são Murcia, com 54,8%; Córdoba, com 54%; Palma de Maiorca y Jaén, com 48,6%; Badajoz, com 48%; e Ciudad Real e Toledo com 47,6 % e 47,2%, respectivamente.

Redação do Portal WebArCondicionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *