[ x ] Fechar

DAIKIN leva tecnologia exclusiva a hotéis de Gramado e Gravataí, que reduz em até 40% o consumo de energia

  • 27 de fevereiro de 2012
  • Nenhum Comentário

Empresa japonesa de condicionamento de ar, renova sistemas dos hotéis Intercity e Bavária, localizados nas cidades serranas, no Sul do país

O mercado de condicionamento de ar no Brasil conta há nove meses com a empresa japonesa DAIKIN. Com 88 anos de tradição, 199 subsidiárias em 38 países do mundo, a DAIKIN é líder no Japão e na Europa em condicionamento de ar. A empresa tem sede em São Paulo e escritórios em Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador e Recife.

A DAIKIN foi escolhida para fazer a renovação do Intercity, na cidade de Gravataí (RS), que se prepara para a Copa do Mundo de 2014. Com a tecnologia inverter, a economia de energia chega a até 40% tanto no modo resfriamento quanto no modo aquecimento. A 30 minutos de Porto Alegre, o Hotel InterCity Premium Gravataí oferece os benefícios de uma área verde próxima ao polo industrial da região. Foi indicado pelo Guia Quatro Rodas e considerado o melhor hotel da cidade.

Em Gramado, um dos destinos turísticos mais procurados do Brasil, a empresa renovou o condicionamento de ar do Hotel Bavária também utilizando a tecnologia inverter, que permite manter a calefação e a refrigeração com economia de 40% no consumo de energia elétrica. A escolha da DAIKIN fez parte da recente reforma e modernização do empreendimento. Localizado no Bairro Bavária, nome escolhido em homenagem ao hotel, o local se diferencia por sua completa estrutura de lazer.

A DAIKIN, empresa líder no mercado europeu e japonês de condicionamento de ar, chegou ao Brasil há nove meses. A preocupação com o meio ambiente, a inovação tecnológica e a economia de energia são as marcas principais da DAIKIN. Fundada em 1924, a matriz está na cidade de Osaka, no Japão. A empresa foi a inventora do VRV, sistema inteligente de ar condicionado usado em todo mundo, e utiliza produtos que evitam a poluição.

Para a DAIKIN, o Brasil é uma das prioridades no cenário internacional. Os investimentos previstos para a Copa do Mundo e a Olimpíada do Rio de Janeiro chamaram a atenção para o país. Com sede na cidade de São Paulo, a empresa já instalou escritórios em Porto Alegre, Rio de Janeiro e Recife. Uma fábrica piloto está localizada em Mogi das Cruzes, interior de São Paulo. Muito em breve, a DAIKIN pretende iniciar a construção de sua própria fábrica. Com os aparelhos produzidos no Brasil, a empresa buscará atender o mercado brasileiro, do Mercosul e do México.

Fonte: Assessoria de Imprensa Daikin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *