[ x ] Fechar

Centro Cultural Arte Pajuçara, de Maceió, recebe ajuda de amigos para consertar ar-condicionado

  • 03 de agosto de 2015
  • Nenhum Comentário

Centro Cultural Arte Pajuçara, de Maceió, recebe ajuda de amigos para consertar ar-condicionadoDepois de sete meses parada, desde que o Serviço Social da Indústria (SESI) fechou as salas que mantinham o Centro Cultural Arte Pajuçara, em Maceió, a central de ar condicionado parou de funcionar corretamente. Os compressores e ventiladores estão fazendo muito barulho, o que levou os vizinhos da instituição a reclamarem junto ao Ministério Público.

Segundo o site do Centro Cultural, duas empresas de manutenção já foram contratadas, mas não conseguiram resolver o problema. Por esse motivo foi feito um acordo com o Ministério Público, e o prazo para o conserto foi ampliado até agosto.

 “O que se arrecada com a venda de ingressos, do aluguel da pauta do teatro e do apoio de alguns patrocinadores é o que tem mantido em funcionamento o centro cultural, mas insuficiente para realização de um serviço como esse”, explicou o grupo que assumiu o comando das salas.

Leilão de obras de arte será realizado para o conserto da central de ar condicionado
Leilão de obras de arte será realizado para o conserto da central de ar condicionadoO artista Pedro Cabral propôs a realização de um leilão em prol da causa e a ideia foi aprovada por 31 colegas que fizeram doações. Todas as obras de arte doadas serão leiloadas para cobrir as despesas do conserto da central de ar condicionado.

O leilão que será realizado nessa sexta-feira (7 de agosto), mas os quadros, desenhos, esculturas e fotografias já estão expostas no Centro Cultural, que fica na Avenida Doutor Antônio Gouveia, 1113, na Orla da Pajuçara.

Como em qualquer leilão, receberá a obra de arte aquele que fizer a maior oferta. Mas todos que derem lances ganharão um par de convites para a pré-estreia do filme “Cauby Peixoto – Começaria tudo outra vez”, que está marcada para às 19h30 do mesmo dia.

Redação do Portal WebArCondicionado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *