[ x ] Fechar

Bosch dá início a novo Centro de Desenvolvimento para aquecimento de água e climatização de casas

  • 31 de março de 2015
  • Nenhum Comentário

A Bosch Termotecnologia iniciou a construção do segundo Centro de Investigação e Desenvolvimento de soluções para o aquecimento de água e climatização das casas inteligentes do futuro. Localizado em Aveiro, cidade de Portugal, o novo Centro de I&D irá desenvolver tecnologias com foco na conectividade dos aparelhos, na eficiência energética e redução de emissões para residências sustentáveis. Com este projeto, a Bosch prevê o investimento de 25 milhões de euros e a contratação de 150 engenheiros até 2020 para a unidade.

“Portugal é uma localização estratégica para a Bosch na Europa. Somos cada vez mais competitivos e distinguimo-nos pela elevada qualidade dos nossos recursos humanos, pelo elevado índice de inovação e qualidade dos nossos produtos, e pelo nosso desempenho industrial. O Grupo reconhece essas vantagens competitivas e, neste sentido, tem consolidado a sua presença no nosso país com novos projetos tanto na área da produção como no I&D”, afirmou João Paulo Oliveira, Presidente da Bosch Termotecnologia.

O início da construção foi apadrinhado pelo ministro da Economia, António Pires de Lima. Segundo a empresa alemã, que emprega atualmente cerca de 3.200 pessoas em Portugal, a construção do novo centro deve ser concluída em 2016.

Mais planos
O grupo alemão anunciou em fevereiro que vai avançar também com uma candidatura a fundos europeus para financiar um novo investimento em inovação na Bosch Car Multimédia, em Braga, visando também a construção de uma fábrica de sistemas de entretenimento, navegação, telemática e assistência à condução para a indústria automóvel.

Além disso, a Bosch – que em território nacional tem também uma unidade industrial na área dos sistemas de segurança, em Ovar – fechou o ano passado com um volume de negócios de 800 milhões de euros – batendo os 788 milhões faturados no ano anterior –, sendo 90% provenientes da exportação.

Oliveira, adiantou também que, além desses três setores de um total de 17 áreas de negócio a nível mundial, a companhia está a “conseguir atrair para Portugal serviços partilhados na área de Recursos Humanos, Contabilidade e Controling”.

Redação do Portal WebArCondicionado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *