[ x ] Fechar

21ª Conferência Mundial do Clima será em Paris

  • 31 de agosto de 2015
  • 2 Comentários

21ª Conferência Mundial do Clima, que visa controlar o aquecimento global, será em ParisNo final deste ano, de 30/11 a 11/12, será realizada em Paris a 21ª Conferência Mundial do Clima, a COP 21, onde 196 países deverão chegar a um consenso internacional sobre as mudanças climáticas. O resultado do acordo deverá controlar o aquecimento global e mantê-lo, chegando a 2050 abaixo de 2ºC. Esse acordo irá substituir o Protocolo de Kyoto, de 1997, que tinha como objetivo reduzir as emissões de gases de efeito estufa, mas não deu certo.

Um dos motivos para o Protocolo de Kyoto não ter o resultado esperado, foi que países em desenvolvimento como o Brasil e a China, não eram obrigados e diminuir as emissões de gases responsáveis pelo aquecimento global, pois isso prejudicaria o seu desenvolvimento. Desta forma a emissão de poluentes aumentou ao invés de diminuir.

A COP 21 planeja criar um novo tratado, abrangendo todos os países, incluindo o Brasil, que está entre os dez maiores emissores de CO2 do planeta. Nosso país foi um dos principais responsáveis pelo aumento da temperatura global na segunda metade do século XX, por conta do desmatamento. E ao contrário do que muitos pensam, grande parte da poluição causada pela destruição da Amazônia, não gerou desenvolvimento.

Brasil e Estados Unidos estão juntos na luta contra o aquecimento global
Brasil e Estados Unidos estão juntos na luta contra o aquecimento globalO Brasil e EUA, países que mais contribuíram para o aquecimento global, fecharam um acordo de cooperação para garantir que até 2030, será ampliado em 20% a energia originada de fontes renováveis na matriz energética dos dois países, objetivando a mudança no clima e o desenvolvimento sustentável.

“A mudança do clima é um dos desafios centrais do século 21. Essa decisão tem muito a ver com as nossas perspectivas e a nossa participação em um acordo global de redução de emissões para que a gente consiga, de fato, concretizar esse acordo na COP 21. A segunda questão reflete a primeira: foi a decisão dos dois países de assumir em uma meta de 20% de ampliação das fontes renováveis na matriz de energia elétrica sem hídrica até o ano de 2030”, afirmou a presidenta Dilma Rousseff, ao lado do presidente Barack Obama.

Algumas das ações que devem ser colocadas em prática através de políticas públicas
Para contribuir com o plano de que o aumento da temperatura global não supere os 2ºC, o Brasil deve colocar em prática algumas medidas através de políticas públicas. As principais providências a serem tomadas estão relacionadas ao aumento de energia fotovoltaica, energia de biomassa e eólica, que irão assegurar a segurança da energia quando os níveis da água em reservatórios de usinas hidrelétricas estiverem baixos.

Floresta no Estado do AmapáAlém disso, há propostas também para a área do transporte, onde está previsto o abandono do uso do óleo diesel em ônibus urbanos de regiões metropolitanas, a adoção de fontes de energia limpa nos automóveis e o aumento da mistura de biodiesel no diesel de petróleo no transporte rodoviário de cargas.

Expandir as áreas de lavoura e implantar cerca de 3,5 milhões de hectares de integração entre lavoura, pecuária e floresta para garantir o crescimento do rebanho e aumento da qualidade das pastagens, também faz parte da proposta.

Mas o foco inicial da proposta da sociedade civil é não acabar com 100% da vegetação nativa.

Redação do Portal WebArCondicionado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *