[ x ] Fechar

11 mil salas de aula do Paraná terão aparelhos de ar condicionado

  • 10 de janeiro de 2013
  • Nenhum Comentário

11 mil salas de aula do Paraná tão aparelhos de ar condicionadoManter a concentração em sala de aula no calor é um desafio, e acaba prejudicando o aprendizado. Desta forma, garantir uma temperatura confortável melhora o desempenho nas atividades escolares. É assim que pensa a Secretaria de Estado da Educação do Paraná, que irá instalar condicionadores de ar em aproximadamente 11 mil salas de aula. O recurso para adquirir os aparelhos, que serão colocados em escolas estaduais das regiões Oeste, Norte, Noroeste e Litoral, foi obtido pelo governo estadual junto ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

“Todos sabemos o quanto é desgastante o trabalho em um ambiente muito quente. Por isso estamos trabalhando para oferecer melhores condições de trabalho, garantindo conforto térmico para professores, pessoal administrativo, e também obter melhor rendimento dos alunos”, assegura Flávio Arns, secretário da Educação e vice-governador do Paraná.

Colégio Estadual Antônio Lacerda BragaCalor prejudica aprendizado

Uma dos beneficiados é o Colégio Estadual Antônio Lacerda Braga, localizada no município de Goioerê, Centro-Oeste do Paraná. Lá cerca de 550 adolescentes e crianças estudam em 15 salas de aulas. “Aqui é uma necessidade”, relata Ademir José Santana, diretor do colégio. Ele explica que a escola está na região mais quente do Estado.

O diretor destaca também que não serão só os alunos que serão favorecidos com a instalação do ar condicionado nas salas, como também os professores. Melhorando, desta maneira, o trabalho pedagógico realizado no colégio.

Adequando as salas

Inicialmente serão investidos R$ 3 milhões na compra de 1,5 mil aparelhos, distribuídos às escolas para atender as salas de aula. A partir disso, a área administrativa e outros ambientes também passarão a possuir condicionadores de ar. Cada escola passará por uma análise técnica para se certificar de que as estruturas físicas e elétricas estão adequadas para que o equipamento seja instalado.

Fonte: Secretaria da Educação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *