Atualizado em 14/08/2019 por Yuri Correa
Redação do Portal WebArCondicionado

piso termico

As baixas temperaturas do inverno deixam a vida mais difícil. Quem acorda cedo para trabalhar, trocar de roupa, entrar e sair do banho, sabe bem o que é tentar fugir do frio. Até o geladinho da roupa guardada é um sacrifício, não é? Imagina se pelo menos o piso de casa fosse quentinho.

Pois isso é possível. O custo pode ser um pouco alto, especialmente na conta de luz, e por esse motivo é que hoje vamos falar sobre piso térmico e seus benefícios, para ajudar o consumidor a decidir se vale a pena investir nesse conforto.

O que é o Piso Térmico?

Esse é um sistema de calefação por piso radiante instalado sob as lajotas de cerâmica e, por isso, fora de vista. O sistema é formado por uma rede de fiações que aquece e passa a emitir calor quando estimulada pela rede elétrica.

O resultado é que não apenas o chão fica aquecido, mas o calor emanado de baixo para cima, normalmente, sobe a temperatura de todo o ambiente de forma homogênea.

Como é feita a instalação do piso térmico?

O piso aquecido é instalado da seguinte forma:

  • O isolante térmico é instalado sobre o contra piso já nivelado;
  • Cabos calefatores são espalhados sobre o isolante térmico e afastados de forma simétrica e paralela;
  • As réguas de fixação deixam os cabos esticados e fixos para otimizar o aquecimento gerado pelos fios;
  • O termostato digital é instalado na parede dos ambientes, possibilitando o controle da temperatura de forma individualizada e programável;
  • Em seguida será necessário passar argamassa e instalar o piso no caso de pisos frios, ou efetuar as instalações do piso de madeira conforme as orientações dos fornecedores.

Observação: Para quem deseja instalar o piso aquecido em um imóvel já pronto, será necessário quebrar parte do piso.

Como funciona o piso térmico?

O processo de aquecimento

O ar frio desce e o ar quente sobe, essa é uma regra bem conhecida da termodinâmica. Quando o piso térmico é aquecido, o ar mais próximo a ele também é. Esse ar aquecido sobe, e o ar mais frio desce, só que esse ar de menor temperatura é aquecido também. Esse ciclo se repete até que todo o ar do ambiente esteja aquecido homogeneamente.

O sistema de aquecimento

O aquecimento acontece a partir de um circuito de resistências com cabos aquecedores, colocados sob o contrapiso. Esse calor esquenta todo ambiente e não apenas o revestimento, pois o calor é dissipado por radiação.

Para cada 20 m² de piso aquecido, usa-se um termostato, ou seja, cada cômodo pode controlar a própria temperatura. A temperatura deve ser regulada em torno dos 20ºC para gerar maior conforto térmico. Você pode ajustar no termostato como lhe agradar, o sistema possui regulação automática, mantendo o clima interno em equilíbrio. A temperatura máxima que o piso atinge é de 36ºC se o termostato for regulado no fim da escala.

Leia também: Piso aquecido aumenta muito o consumo de energia e Piso aquecido oferece risco de choque elétrico?

Mas só existe um tipo de piso aquecido?

Não. Existem dois tipos: o piso aquecido elétrico, que funciona com resistências instaladas embaixo do revestimento e o hidráulico, que funciona com a circulação de água por tubos de polietileno.

Principais vantagens do piso aquecido

  • Aquece todo o ambiente de forma homogênea;
  • Aquece as roupas e camas;
  • Agrega valor ao imóvel;
  • Pode ser usado em qualquer tipo de piso.

Custos desse conforto

Preço do metro quadrado

Consultamos uma empresa de instalação de pisos aquecidos e, na média (pois depende da complexidade da instalação), o preço varia entre R$ 150 e R$ 200 o metro quadrado.

Consumo do piso térmico