De acordo com a Associação Sul Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Aquecimento e Ventilação – ASBRAV – as vendas de ar-condicionado diminuíram 50% nos últimos dois anos em relação a 2014.

“Em 2015, o setor já apresentou diminuição de 25%, comparando com as vendas e instalações de ar condicionado em 2014. Em 2016, estamos estabilizando os números do ano passado, somando 50% de queda”, disse o 1° vice-presidente da ASBRAV, Eduardo Hugo Müller.

Para Müller, a crise econômica brasileira é a principal responsável pelos dados negativos. “A crise foi a grande responsável pela retração, pois os consumidores ficam com receio de investir em climatização e depois não conseguir pagar”, salienta ele.

Verão de 2017 também não vai ser bom para o setor

Ainda segundo pesquisas da ASBRAV, este verão não irá superar o verão passado nas vendas. “As perspectivas não são positivas e acredito que, sendo otimista, vamos apenas repetir as vendas do ano passado. Muitos empresários estimam queda de 5% no comércio e na instalação”, relata o 2° vice-presidente da ASBRAV, Luiz Afonso Dias.

Para o próximo verão as expectativas são um pouco melhores. E apesar da venda de ar-condicionado estar baixa, a de ventiladores é positiva.

Redação do Portal WebArCondicionado.