[ x ] Fechar

Estudo mostra que até 2040, 64% da energia consumida no mundo será por ar-condicionado

  • 24 de janeiro de 2017
  • Nenhum Comentário

De acordo com um estudo publicado no Proceedings of the National Academy of Sciences, em 2040 o aumento do uso de ar-condicionado, em regiões de clima quente, resultará em um aumento de 64% no consumo de energia elétrica e um acréscimo anual de 23,1 milhões de toneladas de dióxido de carbono.

Segundo o estudo, isso se dá pelo aumento da renda da população do Planeta. “No mundo as famílias estão cada vez mais ricas. Isso evidentemente é bom. Mas quando nos lares mais aparelhos de ar condicionado são comprados, não se deve perder de vista os efeitos para o meio ambiente,” diz Lucas Davis, da Haas School of Business da Universidade da Califórnia, um dos autores do estudo.

Países em desenvolvimento são os principais responsáveis

O estudo mostra que a aquisição de ar-condicionado é maior em países em desenvolvimento como Brasil, China, Índia, Indonésia, México e Tailândia. Os pesquisadores basearam-se principalmente em dados do México, onde o clima e a renda das famílias são muito diversificados. “Nós olhamos como a quantidade de aparelhos de ar condicionado está aumentando em diferentes partes do país, onde há diferentes níveis de renda”, diz ele.

Davis prevê que, até 2040, 100% das residências mexicanas poderão ter ar-condicionado, mesmo que o aumento da renda familiar seja de apenas 2%. Ainda segundo ele, o mesmo vai ocorrer em países onde há variação de clima. Bastará um mínimo aumento na renda para que mais e mais famílias adquiram os aparelhos.

Leia mais: Estudo revela novas tendências sobre a demanda de ar-condicionado e emissões de gases

Redação do Portal WebArCondicionado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *