[ x ] Fechar

Cool Biz – menos roupa e mais economia

  • 02 de junho de 2011
  • 5 Comentários

Usar menos roupa – sim essa é a nova campanha do governo japonês. Deixar a gravata e o paletó em casa é uma das soluções encontradas para diminuir o uso do ar condicionado e também a crise de energia que vem tomando conta do país neste verão, por conta do tsunami de 11 de março que causou a perda da usina nuclear deFukushima Dai-ichi, responsávelpor gerar grande parte da energia consumida.

 

Essa campanha leva o nome de “Super Cool Biz” e no seu lançamento realizou um desfile patrocinado pelo governo para mostrar roupas frescas o bastante para suportar o calor, mas ainda assim apropriadas para o ambiente de escritório.

 

O melhor portal sobre ar condicionado do mundo!

As empresas terão que reduzir o consumo de eletrecidade em 15% para evitar apagões. Apesar da campanha estar sendo feita pelo governo japonês a idéia não é nova. O “Cool Biz” surgiu em 2005 por iniciativa do ministro do Meio Ambiente na época, Yuriko Koike. A campanha faz parte dos esforços para combater o aquecimento global. As autoridades decidiram dar um passo a mais com Cool Biz neste ano devido a crise nuclear e as consequências de um sismo de magnitude 9.0 e do tsunami.

Mas então, como fica o vestuário dos trabalhadores japoneses?

Para homens serão aceitos camisas pólo, camisas Aloha e tênis são aceitáveis, Jeans e sandálias também sob certas circunstâncias.

Para mulheres calças cáqui e branca e vestidos de poliéster arejados.

Algumas regiões do Japão estão permitindo até o uso de bermudas.

Os varejistas podem ter um impulso nas vendas graças ao Super Cool Biz, após a catástrofe os consumidores haviam cortado gastos. Cadeias como Fast Retailing da Uniqlo tem armazenadas camisas pólo e calças cáqui na expectativa de forte demanda.

Outras soluções que poderiam ser usadas para se refrescar no verão japonês:

E será que os japoneses conhecem o ar condicionado para “vestir” CoolWare? Quem sabe seria uma boa solução, porque além de refrescar é movido à pilhas.

Ou então o ar condicionado de mão Handy Cooler, prático e fácil de transportar. Não é uma boa sugestão?

Assista ou vídeo de uma moça japonesa explicando o Cool Biz, ela entendeu como o conceito da campanha, mas não o que é roupa casual. Vocês acham que a roupa dela está apropriada para o ambiente de escirtório?

Um vídeo (em inglês) sobre o Super Cool Biz 2011 e a crise de energia nuclear no Japão:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 Ideias sobre "Cool Biz – menos roupa e mais economia"