O laboratório Sirius, que está sendo construído em Campinas/SP e que será o mais avançado projeto de ciências mundial, receberá Chillers Centrífugos TurboTrans Oil Free Smardt com capacidade de 5.400TR’s (16 milhões de kcal/h) da Transcalor. Serão fornecidos 12 Chillers de condensação a ar, com 15 metros de comprimento cada.

Os Chillers serão responsáveis pela refrigeração dos equipamentos do acelerador de partículas e pela climatização de todo o processo e do laboratório. Eles são fabricados no Brasil e são equipados com compressores Danfoss Turbocor, que utilizam mancais magnéticos para levitar o seu eixo centrífugo.

Leia também: Conheça 5 tipos de Chillers

Esse tipo de equipamento não utiliza óleo, possui partida de 2 Amperes e não produz nenhum tipo de atrito ou desgaste aos componentes internos. Sua rotação vai de 0 a 50.000 RPM’s com variador de frequência linear, garantindo restart de 20 segundos em caso de falta e retomada de energia.

Segundo a desenvolvedores, todas as características juntas, resultam alta eficiência energética.

Sobre o Laboratório Sirius

O Sirius é um superlaboratório de 68 mil m² que está sendo construído em um terreno de 150 mil m² junto ao campus do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (Cnpem), onde está instalado o Polo II de Alta Tecnologia, em Campinas/SP.

Ele será um acelerador de partículas circulares, gerador de luz Sincrotron. O mais avançado projeto de ciências mundial possibilitará estudar a nível atômico os tecidos e matérias, sendo capaz de gerar a cura de doenças que hoje ainda são incuráveis, entre outros benefícios à humanidade.

Redação do Portal WebArCondicionado.