[ x ] Fechar

Split é o modelo que mais vendeu no mundo em 2017

  • 12 de abril de 2018
  • Nenhum Comentário

vendas-split-2018

Você sabia que os modelos Split são os modelos de ar-condicionado que mais vendem atualmente? Isso foi comprovado recentemente no evento Mostra 2018, que ocorreu em Milão, na Itália. Durante um painel, a BSRIA (Associação de Serviços, Pesquisa e Informação em Construção), respeitada entidade britânica, falou sobre o crescimento de vendas na área de HVAC e anunciou: “Os Split continuam liderando as vendas nos principais mercados do mundo”.

A China dominou o mercado

Quem traz esses dados é Anette Meyer-Holley, gerente do setor HVAC na associação. Ela contou que as vendas de Split excederam os 113 milhões de unidades em 2017, e destacou que a região da Ásia situada no Oceano Pacífico é que domina 70% desse número.

Além disso, Anette também declarou que a China se destacou nessa última temporada e tornou a líder absoluta no mercado. A gerente ainda ressaltou: “o que acontece no mercado Chinês, tem impacto mundialmente”.

Crescimento de vendas em 2017 e incerteza para 2018

A BSRIA trouxe ainda números de análise do setor de HVAC que indicam um crescimento de 20% a mais na venda de Splits em 2017 em relação ao ano anterior. Porém, os painelistas alertaram que com o aumento do preço de certos gases usados na refrigeração e mais taxas implementadas na Europa no último ano, o cenário de 2018 ainda é bem imprevisível. Especialmente sobre o comportamento do mercado diante da introdução de novos produtos e materiais como os próprios gases utilizados nos aparelhos, pois existe a incerteza de quanto irão custar.

A ABRAVA é a entidade de maior reconhecimento na área aqui no Brasil, e até a publicação da matéria ainda não tinha o resultado desse levantamento no País. Assim que os dados forem liberados, atualizaremos essa notícia. Mas no final de 2017 a estimativa da associação era de que as vendas cresceriam 20% nesse verão.

Redação do Portal WebArCondicionado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *