setor-ar-condicionado-crescimento-2024

Mais um ano se inicia e o crescimento no número de marcas relevantes tem tornado o mercado mundial de ar condicionado extremamente competitivo. De acordo com projeções publicadas no relatório da Transparency Market Research, companhia de pesquisas, o segmento deve movimentar mais de US$ 167 bilhões em 2024.

A consultoria observou que a indústria passa por um forte aumento na demanda em aplicações comerciais e residenciais, acompanhado pela popularização dos termostatos inteligentes e a adoção crescente de máquinas com inversores de frequência. “Este segmento deve se manter na liderança até 2024, impulsionado pelo crescente uso da tecnologia nos setores de hotelaria, turismo e construção de edifícios, hospitais, clínicas e centros de saúde”, detalha o comunicado direcionado à imprensa.

O segmento de aplicações residenciais domina o mercado desde 2015, podendo crescer a uma taxa anual composta mais alta, com base na receita projetada até 2024.

Leia também: Mercado de VRF: segmento valerá US$ 24 bilhões em 2022

Cenário global da climatização

O mercado mundial de sistemas de ar condicionado abrange as regiões da América Latina, América do Norte, Europa, Oriente Médio, África e Ásia-Pacífico. Por receitas, a previsão é de que a região Ásia-Pacífico domine o setor nos próximos sete anos, com uma participação de mais de 55% durante o período de projeção.

Conforme observado no relatório, os mercados na América Latina, bem como no Oriente Médio e na África, deverão experimentar um crescimento sustentável no futuro próximo em função da crescente adoção de sistemas inteligentes de ar condicionado em países como Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Turquia e Israel.

A pesquisa da Transparency Market Research salienta ainda a atuação dos grandes players de ar condicionado na busca por fortalecer sua posição no setor e alcançar um crescimento sustentável. De acordo com o documento, a tendência é que ar marcas foquem cada vez mais na integração de produtos, a fim de expandir sua base de clientes e chegar a novos públicos.

O que você espera dos próximos anos?

Redação do Portal WebArCondicionado