[ x ] Fechar

Sem estrutura elétrica, aparelhos estão parados em escolas catarinenses

  • 21 de novembro de 2013
  • Nenhum Comentário

A falta de planejamento da gestão pública tem afetado diversas escolas brasileiras que necessitam de climatização. O problema é a ausência de estrutura elétrica para a utilização dos condicionadores de ar. As escolas recebem os aparelhos do governo, porém não podem usá-los porque a rede elétrica não suporta a demanda de energia gerada pelos equipamentos.

Em Santa Catarina o problema acontece no Centro de Educação Profissional, o Cedup e em outras oito escolas do estado. Em alguns casos, os aparelhos estão instalados, mas a energia cai quando acionados, devido a antiga estrutura das escolas. Para resolver a incompatibilidade é necessário um projeto para a troca das instalações elétricas e ampliação do fornecimento de energia.

Degradação de aparelhos
Sem estrutura elétrica, aparelhos estão parados em escolas catarinenses (créd: Correio Otaciliense)Na Cedup, o desuso está causando a deterioração dos equipamentos. Após denúncia feita junto ao Ministério Público, foi constatado que 12 aparelhos tipo split de 2o mil BTUs cada, uma caldeira industrial, uma centrífuga industrial, uma lavadora industrial e equipamentos de marcenaria, estão parados há três anos por falha do Estado.

Portanto, em 26 de setembro, o Ministério Público da Comarca indicou que fossem realizadas as instalações elétricas em 30 dias e o ajuste dos locais para utilização de todos os equipamentos em 60 dias. Diante da pressão dos docentes, pais, alunos e da recomendação do MP, a documentação necessária para resolver o caso seria integrada a outro convênio com o governo que, além da climatização, engloba outras melhorias como edificações e infraestrutura de laboratórios. O contato entre os responsáveis e a Secretaria de Planejamento já está em andamento e a estimativa é que a situação esteja normalizada no início de 2014.

Problema recorrente
Episódios como este são comuns no Brasil. Durante 2013, o Portal WebarArCondicionado noticiou outros casos semelhantes em três estados diferentes. A falta de estrutura elétrica foi registrada no Piauí (Escola Nossa Senhora da Pazem Vila Rica e também na Escola Professor Balduíno Barbosa de Deus) e no Mato Grosso (Escola Estadual Nilo Povoas).

Redação do Portal WebArCondicionado. Com informações de Correio Otaciliense.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *