[ x ] Fechar

Relatório revela variações do mercado de ar-condicionado no mundo todo

  • 22 de dezembro de 2016
  • Nenhum Comentário

Um estudo publicado pela Asociación de Investigación e Información sobre Servicios de Edificios (BSRIA), responsável por trazer dados sobre o setor de construção, trouxe novas informações sobre o mercado global de ar-condicionado. Os pesquisadores revelaram que houve uma redução de 5% em vendas no nosso mercado em 2015, ao contrário de 2014, que havia registrado um crescimento de 7%.

Os principais fatores responsáveis por esse aumento na região da Ásia dois anos atrás também tiveram participação para a queda do ano passado. Para quem não sabe, o continente asiático possui o maior mercado de HVAC do mundo, representando 61% do que é produzido no globo todo em volume. Como as quatro maiores potências do segmento (China, Japão, Indonésia e Coreia do Sul) tiveram uma diminuição em suas vendas, essa baixa no mundo todo foi decorrente dessa redução de 5%.

O continente americano também refletiu essa variação, porém com uma diferença menor, caindo 2% em termos de volume em 2015.

Leia também: Mercado mundial de climatização crescerá consideravelmente até 2018, diz estudo

Em busca de recuperação
O impacto maior veio para nós brasileiros. Maior contribuinte no ano passado, o Brasil encolheu 18% do seu mercado após um significativo crescimento de 28% em 2014. A instabilidade política e recessão econômica foram as principais razões para essa queda.

Por outro lado, o aumento no mercado dos Estados Unidos, que é o maior mercado das Américas, minimizou o choque negativo sobre o continente. A indústria de HVAC cresceu 4%, totalizando 16,1 milhões de unidades de ar condicionado vendidas. Os principais motivos foram o baixo desemprego, o crescimento do PIB e o aumento da produção de indicadores macroeconômicos de construção.

O relatório também indica que 2015 foi um ano turbulento para China. O PIB do país cresceu em seu nível mais baixo em 25 anos, o que provocou temores em todo mundo. O mercado de ações teve uma enorme variação, com um declínio nas importações e exportações e uma desvalorização de sua moeda, o que acabou provocando um impacto negativo no mercado ar-condicionado

Redação do Portal WebArCondicionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *