Projetos de adaptação às mudanças climáticas são implantados na SuíçaO Governo Federal da Suíça está comprometido em criar programas para adaptação às mudanças climáticas. “Acclimatasion” é o nome de um projeto desenvolvido para mostrar como o planejamento urbano pode ajudar no processo de adaptação das cidades contra o avanço do clima cada vez mais quente e seco.

A Cidade de Sião, uma das mais quentes do país, em parceria com a Fundação para o Desenvolvimento Sustentável em Regiões de Montanha, foi escolhida para realização Projetos de adaptação às mudanças climáticas são implantados na Suíçado projeto. A Avenida Roger Bonvin é o que eles chamam de “um dos símbolos de transformação da cidade”.

Segundo Martine Rebetez, climatologista na Universidade de Neuchâtel e colaboradora do Instituto Suíço de Pesquisa Sobre a Floresta, a criação de espaços verdes em locais com asfalto pode diminuir a temperatura do local em até 5ºC. E foi isso que eles fizeram na Roger Bonvin.

Mudanças na Avenida

A avenida, que antes era apenas asfalto, ganhou 700 plátanos e 5 mil metros Projetos de adaptação às mudanças climáticas são implantados na Suíçaquadrados de superfície verde, o solo agora é permeável. “No lugar dos carros, agora existem árvores e pérgolas. O material usado na pavimentação tem uma cor mais clara, para refletir melhor os raios do sol, e é permeável. Não somente reduzimos o calor como resgatamos o ciclo natural da água e, por tabela, diminuímos o risco de inundação”, explica Lionel Tudisco, colaborador do Serviço de Urbanismo e Cidadania.

Na Roger Bonvin há churrasqueiras rodeadas de árvores (que ainda não cresceram, mas vão crescer) e uma piscina para as crianças próximo das churrasqueiras. Segundo Projetos de adaptação às mudanças climáticas são implantados na Suíçaos moradores da Cidade, antes eles só passavam reto pela Avenida, mas hoje já é um local totalmente diferente, onde eles podem parar para descansar e socializar.  E nos quarteirões comerciais, os estacionamentos ao ar livre foram transformados em “quintais urbanos”, segundo Tudisco.

Esse projeto pode servir de exemplo para muitos países. Mas se cada um de nós plantar uma árvore, sem esperar pelos governos, já iremos construir um futuro muito melhor para o Planeta.

Redação do Portal WebArCondicionado.