[ x ] Fechar

Projeto que reduz o consumo de energia do ar-condicionado é desenvolvido em Santa Catarina

  • 05 de janeiro de 2016
  • Nenhum Comentário

Entre as práticas destinadas à automatização de eletroeletrônicos, o Campus Criciúma do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) está desenvolvendo um projeto inovador do controle dos aparelhos de ar condicionado que permite ligá-los e desligá-los via internet.

Um dos diferenciais do protótipo é que não é preciso fazer alterações internas no aparelho, evitando maiores gastos ou até mesmo a perda de garantia.

Outro benefício é que é possível monitorá-lo através de um software supervisório e dessa forma fazer com que o aparelho seja usado de forma mais eficiente. Não adianta, por exemplo, ligar o ar-condicionado na temperatura mais baixa, porque ele gastará muita energia e não chegará a temperatura desejada.

“Com esse sistema, o aparelho pode ser programado para ligar apenas em determinado horário ou mesmo quando de fato a temperatura chegar a um determinado valor, o que evita que ele seja utilizado de forma desnecessária”, explica o professor coordenador do projeto, Adilson Jair Cardoso.

Redução do consumo de energia
O protótipo foi instalado em 10 aparelhos do Campus Criciúma e está em fase de testes. Os idealizadores do projeto estão fazendo o treinamento do servidor responsável pelo controle e manutenção dos aparelhos para que ele possa mesmo de longe monitorar o uso. Com isso, mesmo que haja uma queda de energia durante a madrugada e que os aparelhos liguem sozinhos, ele poderá desligá-los à distância.

Ao utilizar os aparelhos de forma mais eficiente, é possível também reduzir o consumo de energia. “Estamos estimando que será possível fazer uma economia de 5 a 10% no consumo de energia elétrica nos meses de verão e que o retorno do investimento de R$ 400,00, para fazer as adaptações em cada um dos aparelhos, se dê em alguns meses de uso do protótipo”, explica Cardoso. No campus, a economia pode chegar a R$ 2 mil por mês no verão.

Futuro
Como o sistema foi criado dentro de uma instituição federal, a tecnologia está disponível de graça para quem tiver interesse no projeto. “Se tiver um empreendedor, alguém que queira desenvolver essa ideia, nós somos totalmente abertos a fornecer essa solução que a gente usou e, inclusive, ajudar no possível desenvolvimento futuro dessa mesma ideia”, finalizou o professor.

O projeto “Automatização do controle dos aparelhos de ar condicionado do Campus Criciúma” começou a ser realizado há um ano e é financiado pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic). Participam da pesquisa como bolsistas os alunos do curso técnico integrado em Mecatrônica, Felipe Bez Fontana,Gabriel Gaspar e Giovani Berti.

Redação do Portal WebArCondicionado. Com informações de Engeplus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *