[ x ] Fechar

Projeto de refrigeração é desaprovado por vizinhos em mansão de Beckham

  • 08 de abril de 2015
  • Nenhum Comentário

Os planos do ex-jogador de futebol David Beckham de instalar um sistema de ar condicionado em sua mansão estão sendo mal vistos pelos vizinhos. O pequeno palacete urbano, que foi comprado em setembro de 2013 por 31,5 milhões de libras (R$ 148 milhões), está localizado em Londres e passou os últimos 18 meses em meio a obras para transformá-lo em um pequeno paraíso.

Depois de todas as reformas, Beckham e sua esposa Victoria decidiram que precisam ainda construir um sistema de ar condicionado em cinco salas, além de um ginásio e uma adega. Mas o problema é que a vizinhança não aprovou a ideia e inclusive escreveu uma carta para a prefeitura dizendo que o projeto vai modificar a fachada da casa da era vitoriana, construída da década de 30, e assim descaracterizar o bairro.

Caso em andamento
Eles apresentaram um novo pedido de ar-condicionado em fevereiro. O Royal Borough of Kensington e o Chelsea Council, que formam o conselho local, deverão tomar uma decisão sobre a questão nas próximas três semanas. “O conselho deve considerar as nossas profundas preocupações sobre todos os impactos adversos nas condições de vida dos vizinhos. O ruído, a vibração, a poluição e a poeira de construção, além de impactos na drenagem, na aparência e na paisagem do edifício histórico devem ser muito bem avaliados”, escreveram os representantes do bairro em uma carta comunitária.

Estrutura
A família Beckham contratou a arquiteta Rose Uniacke para assinar o projeto da reforma, que inclui a construção de uma adega no andar inferior e uma sala de cinema. O espaço também terá salão de cabeleireiro, manicures e maquiagem.

Além disso, os Beckham estão planejando a instalação de um piso radiante na casa. O trabalho provavelmente irá custar em torno de £ 500 – £ 600 por m²/m, aproximadamente 5 milhões de libras (R$ 23 milhões) para ser concluído.

Leia também: Exigências nos camarins dos famosos relacionadas a ar-condicionado

Redação do Portal WebArCondicionado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *