[ x ] Fechar

Preço errado de ar-condicionado causa problema entre loja e consumidor

  • 19 de maio de 2016
  • Nenhum Comentário

Em La Paz, capital da Bolívia, um erro no preço de um ar-condicionado gerou tumulto em uma loja. O anúncio feito pela “Tienda Ley das Garzas” ofertava o aparelho a 1,099 pesos (cerca de 566 reais), e o cliente, ao ver o valor muito abaixo do padrão do mercado, decidiu investir e comprar o ar-condicionado.

O estranhamento maior ainda surgiu quando o ele se dirigiu ao caixa para realizar o pagamento do Minisplit Mirage. A nota fiscal registrou a venda por 10,099 pesos (cerca de 5 mil reais), e a reclamação veio quando o consumidor percebeu o equívoco e foi tirar satisfação. No entanto, a loja explicou que havia marcado o preço errado no anúncio, sendo o suficiente para que o cliente recorresse aos direitos do consumidor.

Final feliz para o cliente
Com isso, a Profeco (Procuraduría Federal del Consumidor) alegou desrespeito ao cliente e julgou a ação da loja como um erro. O final da história é que o comprador voltou ao estabelecimento comercial com um representante da procuradoria e retirou o ar-condicionado pelo preço mais barato, como a loja havia anunciado.

E você, já passou por algo parecido ou o contrário? Conte pra nós.

Leia também: Homem liga para o 911 pedindo socorro para o seu ar-condicionado

Redação do Portal WebArCondicionado. Com informações de BCS noticias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *