[ x ] Fechar

Onda de calor gera lista de espera para adquirir ar condicionado

  • 01 de novembro de 2012
  • Nenhum Comentário

Demanda de ar condicionado no Brasil aumenta com o calorAs altas temperaturas registradas nas últimas semanas aumentaram a procura por condicionadores de ar. Entretanto, a busca pelos aparelhos cresceu a ponto de surpreender lojistas e instaladores, causando espera de até duas semanas para entrega de equipamentos e serviços.

Temperaturas elevadas em São Paulo e outros estados

Na capital do estado de São Paulo foi registrada a 3ª temperatura mais alta da sua história, chegando a 36,6º na tarde da quarta-feira, 31 de outubro. Na região noroeste do estado a situação é mais agravante: em municípios como o de Ribeirão Preto e Valparaíso os termômetros passaram dos 40º durante esta semana, de acordo com a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb).

A onda de calor também atingiu outros estados. Em Minas Gerais, Paraná e Mato Grosso do Sul, vários municípios bateram recordes de temperatura. Dados do Instituto Nacional de Metereologia mostram que em Belo Horizonte, por exemplo, a máxima registrada foi 37,1º, a maior historiada desde março de 1910.

Aumento das compras

E o aumento da procura por aparelhos vem deixando os comerciantes satisfeitos. De setembro à outubro, as vendas de aparelhos de circulador de ar, ventilador, climatizadores e condicionadores tiveram um aumento significativo em relação ao ano passado. Diversas lojas dos municípios citados acima, o movimento cresceu 70% em comparação ao mesmo período do ano passado.

Porém, os estoques das lojas estão em baixa na maioria dessas cidades. Assim, a solução adotada por muitos estabelecimentos é lista de espera de aparelhos que estão pra chegar, sendo 70% delas realizadas pelo cartão de crédito. Hoje, a demora para receber a compra é de aproximadamente uma semana.

Instalação agendada

Já a procura por manutenção e instalação de aparelhos aumentou cerca de 80% em relação ao ano passado. Por isso, as assistências técnicas tiveram de aumentar pessoal e materiais para atender os clientes. Mesmo assim, nestas regiões, a espera para instalar um ar condicionado leva uma semana. Ou seja, a demora para a população poder aproveitar o produto pode chegar até duas semanas.

Causas

O gerente de uma loja da região metropolitana de São Paulo acredita que isso se deve às mudanças que ocorreram nos últimos meses no mercado brasileiro, graças ao aumento do imposto de importação. Os fabricantes reduziram a produção pois os estoques estavam preenchido. Entretanto, os mesmos não foram suficientes para a onde de calor. Uma alternativa para quem deseja se refrescar é adquirir condicionadores de ar em lojas online, visto que o estoque é nacional. Independente do lugar, o segredo é ter paciência e manter a cabeça fresca até receber o seu aparelho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *