* Por Lisi Moussalle

Ar puro é sempre sinônimo de saúde e bem-estar, mas nem sempre conseguimos estar em locais com ar puro ou tratado. Entretanto, existem medidas simples que ajudam a purificar e reduzir os riscos em ambientes de trabalho e até mesmo nas nossas residências. Afinal, respirar um ar de qualidade pode nos trazer vários benefícios.

Você sabia que um dos principais recursos para garantir mais saúde é o condicionador de ar? Esses equipamentos, além de refrigerar ou esquentar (nos casos de aparelhos quente/frio), também purificam o ar ambiente. As tecnologias existentes nos aparelhos mais modernos promovem uma troca do ar, retiram o excesso de umidade e até mesmo combatem a proliferação de ácaros, vírus e bactérias. Por esse motivo, é sempre importante manter o seu equipamento limpo e higienizado.

Nas empresas, a discussão sobre o ar-condicionado fica restrita àquela velha discussão: deixar ou não o aparelho ligado. Muito mais do que isso, o ar interfere diretamente na produtividade dos funcionários e na qualidade de vida deles. É completamente inaceitável trabalhar em um ambiente interno com uma precária qualidade de ar, já que essa pode trazer várias complicações para a saúde, indo desde o ressecamento da pele e das vias respiratórias, até desencadear graves alergias e pneumonia.

Qual é a temperatura ideal para o ambiente de trabalho? Quando a temperatura está elevada, há queda na pressão arterial e as pessoas ficam sonolentas, além de se cansarem mais facilmente. Em compensação, se a temperatura estiver muito baixa, isso pode afetar a imunidade e aumentar as chances de se contrair gripes e resfriados, além da pele e dos olhos ficam ressecados. Então o equilíbrio com a temperatura é imprescindível.

Existe no Ministério do Trabalho uma norma regulamentadora chamada de NR 17, que dispõe sobre as condições de conforto necessárias para os locais de trabalho. Essa norma determina que escritórios, laboratórios e salas de controle que dispõem de algum sistema de climatização devem ter sua temperatura ajustada entre 20 e 23°C.

A utilização de plantas também é uma excelente medida para melhorar a qualidade do ar e garantir a renovação do oxigênio em ambientes fechados. Em casa ou no escritório, invista em um jardim, com plantas diversificadas. Se o seu problema é espaço, planeje um jardim de inverno ou mesmo o cultivo de plantas em vasos e jardineiras. Existem várias opções baratas e de fácil manutenção que vão garantir um auxílio do tratamento do ar. No escritório, além de melhorar o ar, podem ajudar o profissional a ficar fisicamente, mentalmente, e até emocionalmente mais envolvido no trabalho.

É necessário lembrar que nem todas as plantas vivem bem num ambiente com ar-condicionado. O ideal é conversar com um profissional que entenda e auxilie na escolha da melhor planta. Elas deixam o espaço mais acolhedor e ajudam a decorar cada cantinho!

Leia aqui mais textos de Lisi Moussale

Redação do Portal WebArCondicionado.