[ x ] Fechar

Fotos: pessoas tiram a roupa em frente a Torre Eiffel para amenizar calor

  • 31 de agosto de 2017
  • Nenhum Comentário

A Fonte Trocadero, em frente a Torre Eiffel, é um dos pontos de Paris mais buscados para amenizar o calor na Europa. Com roupas de banho, boa parte das pessoas não se importam pelo fato da área ser turística e com circulação de multidões diariamente, o importante é se refrescar e amenizar o calor, como mostram as fotos abaixo:

Leia também: Quanto o nosso corpo suporta diante de temperaturas extremas

Fontes e chafarizes são utilizadas na França para refrescar

As cenas de monumentos, que contem fontes ou chafarizes, e são tratados como atrações para turistas visitarem e tirarem fotos, no verão fica um pouco mais complicado para eternizar aquele momento romântico ou aquela viagem à Cidade Luz. Afinal, terá que dividir o espaço com as diversas pessoas que utilizam esses locais para amenizar o calor, principalmente com crianças correndo e atirando água por todos os lados.

Leia também: Saiba quais são as cidades mais quentes e as mais frias do mundo

Na verdade há alguns perigos nessa prática que faz parte dos verões franceses, como o risco bacteriano, já que as águas são tratadas apenas contra as algas, e os perigos de quedas e lesões. Veja abaixo algumas fotos em fontes e chafarizes como na Praça de la République, Parque André Citroen, entre outros pontos franceses:

 

Mais sobre o calor na Europa

Não é novidade que o calor europeu tem alcançado níveis altos nos últimos anos. Em 2003 ocorreu uma das piores ondas de calor da história na Europa, chegando a mais de 50°C e vitimando mais de 20 mil pessoas.

Atualmente no verão, o calor extremo já foi denominado de “Lúcifer” pelos cientistas e diversos países, como Itália, Suíça, Hungria, Croácia, Romênia, Sérvia, Bósnia, Espanha e França, declaram situação de emergência

“Nos últimos 150 anos vimos um número relativamente limitado de eventos extremos, mas nos últimos 30 anos, estamos registrando mais e mais casos”, disse Omar Baddour, da Organização Meteorológica Mundial (OMM).

Redação do Portal WebArCondicionado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *