[ x ] Fechar

Falta de ar-condicionado ameaça a preservação do acervo da Biblioteca da Bahia

  • 17 de agosto de 2016
  • Nenhum Comentário

A Biblioteca Pública do Estado da Bahia, mais conhecida como Biblioteca dos Barris, está sem climatização. O motivo é porque a central única de ar-condicionado, que atende ao estabelecimento, está quebrada e não há previsão de quando será consertada.

Os frequentadores reclamam, pois o transtorno ameaça a preservação do acervo, como pode acontecer em museus e bibliotecas, já que a climatização é fundamental para conservar a integridade física dos documentos em sua forma original e desacelerar o processo de degradação dos arquivos.

Segundo o jornal baiano Correio 24 horas, a assessoria da Fundação Pedro Calmon, que coordena o sistema das bibliotecas do Estado, não soube informar quando o problema iniciou.

Recomendações
Vale lembrar que existem recomendações específicas casos como esse. O Manual Técnico de Preservação e Conservação de Documentos, instituído pelo Arquivo Nacional, aconselha que materiais como “discos, CDs, fitas cassete, fotografias, negativos, dispositivos, filmes (película), fitas VHS ou similares, discos ópticos, CD-Rom, disquetes, fitas magnéticas, etc. devem ser recolhidos em depósitos climatizados”.

Já o manual de conservação do Arquivo do Estado de São Paulo recomenda que documentos sejam mantidos em temperatura o mais próximo possível de 20°C e com umidade relativa entre 45% e 50%.

Acervo de qualidade x problemas antigos
O pesquisador Nelson Cadena, que frequenta a biblioteca localizada em Salvador, afirma que o local tem um dos melhores acervos da Bahia. “O de periódicos é o mais completo do estado. Infelizmente, esses problemas não são recentes, são antigos, mas foram piorando”, conta. O pesquisador ainda relata que as salas de leitura não têm ar-condicionado há meses.

Historiador e membro da Academia de Letras da Bahia, Francisco Senna diz que a biblioteca é um dos equipamentos culturais mais importantes da cidade, mas destaca que a manutenção de livro é muito difícil. “Os ácaros e insetos atacam e destroem. É preciso manter as condições ideais, inclusive de temperatura. Biblioteca não é apenas ter livros em prateleiras, é também fazer sua manutenção, ter permanente atualização e prover fácil acesso para a população”, ressalta Senna.

Além da falta de segurança, a biblioteca também sente a ausência de funcionários de limpeza e ascensoristas.

Redação do Portal WebArCondicionado. Com informações de Correio 24 horas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *