[ x ] Fechar

Estádio aquático dos Jogos do Rio poderá contar com ventilação artificial

  • 28 de abril de 2016
  • Nenhum Comentário

Apesar de o Rio de Janeiro ter desistido de cobrar as equipes hospedadas durante os jogos olímpicos pelo ar-condicionado, a notícia agora é de que nem todos os lugares do evento contarão com o aparelho.

Por isso, para amenizar o calor no interior do estádio Olímpico de Esportes Aquáticos, que não teve um sistema de ar condicionado instalado para reduzir custos, ventiladores deverão ser usados, sendo apenas para os atletas. A informação é do diretor-executivo da Federação Internacional de Natação (Fina), Cornel Marculescu, que afirma ter recebido a promessa da Prefeitura do Rio.

“Aqui na piscina vamos ter ventilação artificial. Conversamos com o prefeito (Eduardo Paes) e creio que será feito em breve. Não é ar-condicionado, é uma ventilação artificial para os atletas”, explica Marculescu.

Gerente geral de Esportes Aquáticos do Rio 2016, o ex-nadador Ricardo Prado confirmou a informação. “A Prefeitura disse que está fazendo um estudo e a gente aguarda com grande ansiedade o resultado disso. Conforme o prefeito falou, ele entende que isso é muito importante e vai dar o máximo para tornar isso realidade”, justifica.

Polêmica
No entanto, segundo informação do UOL, um dos responsáveis pela organização dos Jogos deu a entender que a ventilação não será instalada. “A instalação (estádio aquático) usa ventilação natural. A gente não tem ainda um plano de ventilação forçada, que é a solicitação da Fina, além da climatização na área da piscina. O que a gente vai continuar fazendo é a modelagem e o estudo, para ver se a temperatura vai continuar subindo ou não. Hoje é uma temperatura totalmente diferente da que vai ter durante os Jogos, que serão no inverno”, disse Rodrigo Garcia. “Se chegar até 30°C, a gente consegue manter a temperatura do deck da piscina agradável.”

Midea e Komeco irão climatizar o evento
Após saber do comunicado, o portal WebArCondicionado entrou em contato com a Midea, responsável por grande parte da climatização dos jogos olímpicos. Segundo a empresa, “Os equipamentos/soluções da Midea Carrier estão em 98% das estruturas para as competições, exceto no Parque Aquático. Havia a chance de ter licitação para climatizar essa área também, porém, acabou não acontecendo”.

Outra empresa de climatização inserida nas Olimpíadas será a catarinense Komeco, responsável por climatizar os ambientes onde os atletas ficarão durante a estadia no Brasil e aquecer a água da Vila Olímpica.

Redação do Portal WebArCondicionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *