Quem mora ou já foi a Manaus, no Amazonas, sabe que é incomum a temperatura ficar abaixo dos 20° durante o dia. No perído que compreende os meses de agosto a novembro ocorre o verão amazônico, época que costuma ser mais quente que o normal.

O calorão fez com que aumentasse a venda de ar-condicionados na capital manauara. Um levantamento feito pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL) mostra que houve um aumento de 30% nas vendas, só na primeira quinzena do mês de agosto. Estima-se que são vendidos cerca de 4 mil aparelhos por mês, ou 133 por dia.

Além do calor forte, um dos motivos da alta procura pelo ar-condicionado tem a ver também com o seu barateamento. De acordo com a CDL, hoje é possível comprar um ar-condicionado até 45% mais barato do que há dois anos. Desse jeito, muita gente vai abandonar o ventilador, que é bastante comum na região norte, para comprar um ar-condicionado.

Compare preços de ar-condicionado

Você sabia?

Você sabia que várias fabricantes de ar-condicionado estão instaladas no Pólo Industrial de Manaus? Algumas delas são a Electrolux, Gree, Brastemp, Elgin.

Vídeo: depoimento de lojista manauara

Vídeo: vendedor de churrasquinho diz que queria ar-condicionado

Fontes: A Crítica.Uol, D24am.com, Suframa