orion-eficiencia-energetica-ar-condicionado

Trazer ao público cases de eficiência energética no setor de HVAC é sempre uma grande oportunidade para o WebAr, e dessa vez viemos falar sobre o Órion Business & Health Complex. O complexo reúne o edifício comercial mais alto do Brasil, com 50 pavimentos, shopping com cerca de 60 lojas, 673 salas clínicas e comerciais, 160 quartos de hotel 5 estrelas, centro de convenções para 600 pessoas, além de hospital de referência nacional.

Localizado na cidade de Goiânia, O Órion é o maior complexo de negócios e saúde da região Centro-Oeste e um dos maiores do país. Em fase final de instalações, o empreendimento deve iniciar suas operações em junho de 2018, a partir das Clínicas, do Shopping e do Hotel, enquanto o Hospital tem previsão para ser inaugurado no fim do segundo semestre do mesmo ano.

Considerando a gigante demanda de energia necessária para abastecer o Órion, foram buscadas soluções em eficiência energética para o sucesso do projeto. Segundo informações da Danfoss, parceira comercial do novo empreendimento, foi fornecida uma linha completa de produtos de alto padrão de qualidade – exigência em edifícios triple A. Veja em detalhes mais informações sobre os sistemas de ar condicionado adotados no projeto:

Ar Condicionado do Órion Business & Health Complex

A fabricante informa que os sistemas fornecidos para o Órion operam no chamado District Cooling, que é baseado no fornecimento de água gelada para cada unidade, a partir de uma central única para todo o complexo. Esse conceito, que é inovador para o mercado goiano, garante mais eficiência e economia de energia ao condomínio – até 40% com relação aos sistemas convencionais, além de menor custo de manutenção.

vlt-101-danfossO conjunto de componentes fornecido pela Danfoss inclui mais de 1100 válvulas de balanceamento independente de pressão ABQM, 750 válvulas de balanceamento estático e válvulas borboletas para a Central de Água Gelada, 750 atuadores de válvulas Novocon com Bacnet, que serão aplicados na medição do consumo energético de cada unidade da torre comercial, bem como cinco Sonometer, que são medidores de energia que calculam a energia consumida em cada sub-divisão do complexo, além de variadores de frequência VLT101 HVAC, que serão aplicados nos motores dos ventiladores do sistema de pressurização de escadas.

Eficiência em energia e em consumo é promovida

A maior eficiência energética é o que garantirá o baixo custo operacional, de acordo com José Manuel Toledo França, sócio-diretor da Joule Engenharia Térmica, empresa responsável pelas instalações do ar condicionado central. “Nossa expectativa é uma instalação hidraulicamente balanceada, no qual possamos ter a certeza de fornecer a vazão de água gelada aos clientes dentro do padrão projetado e ainda realizando o rateio de consumo de energia corretamente. Por meio dos variadores de frequência buscaremos também a maior eficiência energética possível em busca de um baixo custo operacional, o que, certamente, irá refletir significativamente no valor da taxa de condomínio”, projeta o executivo.

Vale lembrar que todos os equipamentos da Central de Água Gelada são dotados de conversores de frequência Danfoss, tanto os chillers quanto as bombas in-line primárias e secundárias, bem como as de água de condensação.

O consumo eficiente de energia é um dos principais atributos das tecnologias e soluções desenvolvidas pela marca, de acordo com o gerente de vendas para a América Latina, João Paulo Piovesan: “Baseado na nossa premissa de reinventar o amanhã, isto é, prover soluções que permitam ao mundo fazer mais com menos, estar presente em um projeto desta magnitude como o Complexo Órion nos deixa muito satisfeitos, uma vez que aponta que estamos na direção certa em colaborar para que os prédios sejam cada vez mais eficientes”.

Redação do Portal WebArCondicionado. Com informações de Danfoss.