[ x ] Fechar

DAIKIN associa-se à GBC Brasil e à CBCS, entidades voltadas ao desenvolvimento sustentável

  • 04 de setembro de 2012
  • Nenhum Comentário

Reforçando seu compromisso com o meio ambiente, a DAIKIN, associou-se ao Green Building Council Brasil (GBC Brasil) e ao Conselho Brasileiro de Construção Sustentável (CBCS). Estas duas entidades do setor de construção civil têm o objetivo de induzir o segmento a utilizar práticas sustentáveis, buscando melhorar a qualidade de vida dos usuários, dos trabalhadores e do ambiente que cerca as edificações.

Green Building Council BrasilGreen Building Council Brasil

É uma organização não governamental presente no país desde 2007, que tem como objetivo estimular a indústria da construção sustentável. O GBC Brasil é responsável, no país, pela certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design), sistema de certificação que atesta a sustentabilidade de um empreendimento, utilizado em mais de 130 países.

Conselho Brasileiro de Construção Sustentável
Conselho Brasileiro de Construção Sustentável

Criado em 2007, o CBCS é uma organização da sociedade civil. Busca promover a melhoria da qualidade de vida da população brasileira e a preservação de seu patrimônio natural por meio da implementação de conceitos e práticas mais sustentáveis na cadeia produtiva da indústria da construção civil.

Logo DaikinSoluções sustentáveis DAIKIN

Em setembro, a empresa participará da feira Greenbuilding 2012, evento do Green Building Council Brasilem São Paulo.

Os produtos da empresa são adequados à certificação LEED, como os resfriadores de líquido (chillers) com compressores exclusivos, desenvolvidos pela própria engenharia da DAIKIN, que utilizam mancais magnéticos (condensação a água) ou um único fuso e dois rotores satélites (condensação a ar) com alta eficiência energética.  O certificado LEED na categoria Platinum (nível mais alto desta certificação) foi concedido em 2009 ao Eldorado Business Tower, construído em 2006 com o sistema VRVIII, da DAIKIN.

A economia no consumo de energia chega a até 40% com a tecnologia inverter utilizada pela DAIKIN. Nos Estados Unidos, o Rebel, novo roof top da DAIKIN McQuay, foi o primeiro e único equipamento a vencer o RTU Challenge, desafio proposto pelo Departamento de Energia dos Estados Unidos (DOE) às maiores empresas de condicionamento de ar com o objetivo de criar aparelhos capazes de reduzir entre 50% e 60% o consumo de energia, sem perder a eficiência.

A DAIKIN foi a inventora no mundo do VRV, sistema split inteligente, considerado tecnologia de ponta em condicionamento de ar. Com uma economia de até 30% no consumo de energia, o VRV tem uma unidade externa que permite o controle individual de várias unidades internas. Em dez anos, a empresa japonesa já comercializou no Brasil mais de 20 mil unidades de VRV importadas. Os fluídos refrigerantes utilizados pelos aparelhos DAIKIN são ecológicos, não possuem cloro, produto que agride a camada de ozônio do planeta, e têm baixo GWP (Global Warming Potential).

Fonte: Assessoria de Imprensa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *