O conforto oferecido pelos aparelhos elétricos, entre eles o ar-condicionado, é incontestável. Suprindo muitas das nossas necessidades, os equipamentos tornaram-se cada vez mais essenciais em nosso dia-a-dia. Considerando que antigamente a eletricidade residencial era resumida a lâmpadas, geladeira, chuveiro e televisão, a evolução tecnológica aumentou o número de aparelhos nos domicílios. No entanto, à medida que esse número cresce, o risco de acidentes causados por choques elétricos também aumenta, podendo ser até fatal.

Fatalidades do setor
Os casos de acidentes fatais por descarga elétrica em ar-condicionado podem ser decorrentes de motivos variados, como veremos a seguir se não seguirmos certas recomendações. Mas um dos acontecimentos mais graves foi a recente morte de um técnico do setor em abril desse ano, na Paraíba, enquanto realizava o reparo em um ar-condicionado na casa de um cliente. Segundo as testemunhas, o técnico havia removido uma peça, mas com o aparelho ainda ligado, quando recebeu a descarga elétrica fatal.

Também esse ano, no mês de junho, um homem morreu eletrocutado ao tentar ligar o ar-condicionado, em Manaus. Como não havia conseguido, a vítima tentou abrir a caixa de energia do aparelho, onde fica o disjuntor. Mas ao abrir a caixa, encostou com a mão esquerda em um fio e recebeu uma descarga elétrica, ocasionando sua morte.

Sendo assim, o correto manuseio do aparelho é de extrema importância não apenas para seu funcionamento, mas também para evitar possíveis acidentes aos usuários. Abaixo, seguem algumas recomendações e proibições retiradas de diferentes manuais de ar-condicionado.

Recomendações
– Limpe o ar condicionado depois que o ventilador interno parar de funcionar.
– Utilize um pano macio e seco para a limpeza do aparelho.
– Desconecte o ar condicionado da alimentação elétrica, antes que seja reparado ou desmontado e certifique-se de que todos os interruptores estão desligados.
– Instale um disjuntor exclusivo para o aparelho de ar condicionado
– Se a unidade interna ficar molhada desligue imediatamente o cabo de força e entre em contato com o centro de assistência mais próximo.
– Recoloque todas as partes antes de ligar o produto.
– A Hitachi aconselha esperar 10 minutos para iniciar a verificação interna dos aparelhos ao desligar a fonte.

Proibições
– Não ligue ou desligue o aparelho em funcionamento, inserindo ou retirando o cabo de força, nem desligue a unidade a partir do interruptor principal de energia. Use sempre o controle remoto quando quiser desligá-lo.
– Não mexa no aparelho com as mãos molhadas ou com o ambiente úmido.
– Não limpe o ar-condicionado com água.
– Não abra a grade frontal enquanto o aparelho estiver em funcionamento.
– Não vaporize gases inflamáveis, como inseticidas, perto do ar condicionado.
– Nunca use uma tomada de força danificada ou empoeirada, cabo ou soquete de energia frouxo.
Desligue antes de mexer e nunca coloque materiais no aparelho. Imagem: Hitachi– Não corte a tomada de força e não conecte com um cabo elétrico diferente.
– Não puxe o cabo elétrico e não toque a tomada de força com as mãos.
– Não coloque a mão ou objeto na saída de ar da unidade evaporadora (interna) e condensadora (externa). A unidade possui um ventilador girando em alta velocidade.

Conclusão
Ao seguir essas dicas, o risco de acidentes com o aparelho de ar condicionado poderá ser evitado, considerando que a maioria dos casos de choque elétrico é ocasionada por situações em que as recomendações e proibições não foram obedecidas. O ar-condicionado foi feito para garantir bem-estar aos usuários, por isso se podemos contribuir contra o perigo do choque elétrico, é aconselhável que façamos isso. Assim será possível desfrutar de um ambiente climatizado com conforto e também segurança.

Leia também: Alpinismo Industrial: instalação de ar-condicionado em áreas de risco

Redação do Portal WebArCondicionado.