[ x ] Fechar

Copa de 2022 terá mega sistema de refrigeração individual

  • 20 de maio de 2013
  • 2 Comentários

A Copa de Futebol do Brasil já está quase começando. Em 2014 os brasileiros estarão recebendo pessoas de todos os cantos do mundo para confraternizarem da mesma paixão: a bola. Porém, mais cidadãos estão se preparando para também sediar esse mesmo evento. Trata-se dos catarianos que em 2022 recebem o público futebolista para o Mundial. Mas não se trata de uma ocasião tão simples a ser resolvida. No Catar, pequeno país do Oriente Médio, as ondas de calor são extremas, chegando às fortes temperaturas de 50 graus no verão.

Príncipe Sheikh Tamim bin Hamad al-Thani e presidente da FIFA Sepp Blatter

Estádio climatizado com o sol

Para que ninguém morra abafado, a ideia é minimizar as altas temperaturas nos estádios dentro dos meses de junho e julho (verão para eles), desenvolvendo uma tecnologia de refrigeração nos estádios que abrigarão as competições. O sistema será alimentado por energia solar. A intenção é fazer com que os tetos dos doze estádios contemplados pelos sistemas, sejam cobertos com placas que captem a luz solar. Essa luz seria transformada em energia e resfriaria a água que passa por dutos. O vento frio irá sair pelos assentos das arquibancadas. Esse sistema se assemelha à esquemas que já existem em alguns ambientes de trabalhos coletivos. Em dias em que os estádios estivessem fechados, a energia seria repassada para o sistema elétrico do país.

A resposta da FIFA

A garantia de que um país fique realmente com a honra de sediar o evento é o total conforto e modernidade dos que lá estarão. E assim, os organizadores do Mundial de 2022 garantiram as entidades que seus estádios teriam refrigeração com tecnologia de ponta. “O pico do desempenho dos jogadores é alcançado entre 24 e 29 graus Celsius e nós podemos garantir campos com 27 graus Celsius”, disse Al-Thani segundo o jornal sul-africano Times.

Um dos estádios escolhidos para sede

No Brasil, os estádios já receberam pesados sistemas de climatização alimentados pela tecnologia VRV. O Presidente da Fifa, Joseph Blatter manifestou grande interesse da Copa ser realizada num país do Oriente Médio, já que o mundo árabe jamais sediou um evento deste porte.

Agora é esperar nove anos para conferir!

Texto criado exclusivamente pelo setor de jornalismo do portal
WebArCondicionado. Com informações de Época Notícias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

2 Ideias sobre "Copa de 2022 terá mega sistema de refrigeração individual"