[ x ] Fechar

Congresso Brasileiro de Otorrinolaringologia discutiu a Síndrome do Edifício Doente

  • 17 de outubro de 2011
  • Nenhum Comentário

Curitiba (Paraná) – A falta de limpeza no sistema de ar condicionado de prédios pode causar sérios danos à saúde, como crises de asma, conjuntivite, rinite e ainda facilita a transmissão de doenças.

Durante o 41º Congresso Brasileiro de Otorrinolaringologia, que ocorreu em Curitiba, pesquisadores discutiram a Síndrome do Edifício Doente, um conjunto de sintomas que se manifestam em prédios contaminados por bactérias, fungos e ácaros.

Saiba mais sobre a Síndrome do Edifício Doente

A Organização Mundial de Saúde (OMS) determina que a síndrome está instalada no ambiente quando houver 20% de queixa dos frequentadores.

Para evitar o problema, são recomendadas medidas como: uma entrada e uma saída de ar posicionadas em lados opostos, plantas e aquário para equilibrar a umidade relativa do ar e evitar o uso de tapetes, carpetes e materiais que retêm sujeira e poeira.

Fontes: O Diário e Minha Primeira Casa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *