ventiLADOR-QUEIMADO

Pode acontecer de seu ventilador de teto parar de funcionar por diferentes motivos, e no meio disso surge a dúvida: será que ele queimou? Ou de repente você esteja com o aparelho há muito tempo parado e quer testá-lo para ver se está funcionando antes de fazer a instalação.

A boa notícia é que existem testes que podem ser feitos para identificar se realmente o ventilador foi para o beleléu e queremos te ajudar nessa. Primeiro vamos entender as causas que explicam por que o ventilador queimou. (Se quiser ir direto para o teste, vá direto para mais adiante do texto).

Por que o ventilador queimou?

Todo equipamento que depende de eletricidade para funcionar aquece devido à passagem da corrente elétrica, e isso pode ser agravado dependendo da estação do ano e das condições do ambiente em que ele se encontra – o que piora no verão devido às altas temperaturas.

No caso em questão – o ventilador de teto – os motores são simples e produzem aquecimento realmente, mas o problema é aquecer acima do normal e colocar em risco o funcionamento do aparelho. Nessas horas vale parar para pensar quando o ventilador foi comprado ou quando você começou a utilizá-lo para ter uma noção da regularidade do seu uso.

Apesar disso, existem alguns fatores que podem aumentar o aquecimento do motor, sem esquecer, é claro, da possibilidade de o ventilador ter sido ligado em uma voltagem diferente da estipulada na descrição do aparelho e essa ser a causa de ele ter queimado – ligando um de 110v em uma tomada de 220v, por exemplo, o ventilador irá receber o dobro da tensão elétrica que necessita e como consequência irá queimar.

A falta de lubrificação nos eixos do ventilador, bem como seu desgaste e a sujeira e poeira no local – o que pode ser evitado através de uma limpeza periódica – podem dificultar o funcionamento e contribuir para que ele estrague, diminuindo o fluxo de ar no motor e fazendo com que ele esquente mais.

Vamos afinal ao teste:

Teste para saber se o ventilador de teto queimou

1 – Antes de mais nada, retire as pás do ventilador para verificar se não há nenhum problema de rolamento ou “empenação”. Erga de modo seguro – longe do seu corpo – e, com as mãos, faça ele rodar no eixo. Ele deve girar livremente.

2 – Geralmente o ventilador de teto tem 3 fios: um fio comum (neutro), um de exaustor e outro do ventilador. Desses 3 fios, um é de uma cor (vermelho, por exemplo) e os outros dois de uma outra cor (pretos, por exemplo também). Para testá-los, identifique cada um, pois o próximo passo é conectá-los a um capacitor, que irá ter 2 ou 3 fios.

capacitor-para-ventilador3 – Se o capacitor tiver 3 fios, junte dois deles e ligue a um dos fios do ventilador que tem a mesma cor (bobina) e faça o mesmo com o outro fio do capacitor, ligando ao outro fio da mesma cor que sobrou.

4 – Agora vamos à Fase: o fio de outra cor do ventilador (neutro) será conectado ao neutro da fase. A outra ramificação da fase deve se unir ainda aos fios que você uniu correspondentes ao ventilador, que já estão conectados no capacitor. Veja a lógica:

como-saber-se-ventilador-de-teto-queimou

5 – Com todas as conexões feitas conforme explicamos acima, é hora de ligar o disjuntor para testar. Ao receber energia, o ventilador deve dar um impulso e começar a girar. Caso isso não aconteça, o ventilador de teto realmente está queimado.

IMPORTANTE: Faça o passo a passo com cuidado, pois é sempre bom lembrar que com eletricidade não se brinca. Se estiver em dúvida, não faça e peça ajuda a um profissional para não se envolver em acidentes.

Tem alguma dúvida ou conhece alguma outra forma ou dica de como testar o ventilador de teto para saber se está queimado? Comente abaixo 🙂

Redação do Portal WebArCondicionado