[ x ] Fechar

Com obras quase concluídas, Cuca Chico Anysio não possui sistema de climatização no projeto

  • 16 de janeiro de 2013
  • Nenhum Comentário

Prefeito visita obras do CUCA Chico Anysio“Um calorão desses, e não tem ar-condicionado?” Esta foi a pergunta que o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, fez ao visitar as obras do Cuca Chico Anysio, em Mondubim na última quinta-feira (10). Com 84% do trabalho finalizado, a obra não contava com um projeto de climatização, o que fará com que a invista mais R$ 2 milhões para resolver o problema.

"E o ar condicionado ó!"O Centro Urbano de Cultura, Arte, Ciência e Tecnologia (CUCA) presta uma homenagem ao famoso humorista Chico Anysio, sendo desenvolvido pela antiga gestão mucipal de Luizianne Lins. Apesar de ter sido inaugurado no dia 29 de dezembro, há várias partes da obra incompletas, como a pista de skate, salas de ambiente interno e os banheiros, além da falta dos condicionadores de ar, que sequer estavam presente no orçamento do projeto.

CUCA Chico AnysioInvestimento pesado

O valor da licitação foi de R$ 12 milhões, sendo que R$ 8 milhões já foram repassados para a empresa responsável pela construção do edifício. O prefeito explica que faltariam hoje, além dos R$ 4 milhões, mais R$ 5 milhões para concluírem o Cuca, sendo R$ 2 milhões o valor aproximado para a aquisição e instalação dos aparelhos de ar-condicionado.

Para o prefeito, o fato deste valor não estar previsto no orçamento inicial, demonstra que não havia um projeto para a instalação de condicionadores de ar. Sendo assim, uma nova solicitação será necessária para garantir o orçamento para os aparelhos de climatização.

Com obras quase concluídas, Cuca Chico Anysio não possui sistema de climatização no projetoSeis meses de espera

A previsão de funcionamento do Cuca Chico Anysio deveria acontecer em abril. No entanto, o prefeito e a empresa que realizou a obra realizarão uma reunião para falar sobre o prazo. A construtora decidiu não se pronunciar sobre o caso. O prefeito acredita que ele deve funcionar daqui há seis meses, em agosto. Mas para isso, será necessário contratar profissionais para instalação do equipamento. “Será um elefante branco se não funcionar”, afirma.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *