De tudo que se espera sair de um ar-condicionado, uma cobra não deve estar entre os palpites mais populares. Entretanto, isso já aconteceu mais de uma vez, e a última foi semana passada na cidade de Resplendor, em Minas Gerais.

Em junho deste ano, o WebAr já havia noticiado o aparecimento de uma cobra de dois metros que ficou presa dentro da condensadora e assustou os próprios técnicos, na Austrália.

O que aconteceu?

Segundo os militares do corpo de bombeiros, desta vez o caso aconteceu por volta das 19h30 da última terça-feira, em um escritório comercial. Os funcionários perceberam a presença do réptil, que mede cerca de um metro, saindo pela ventilação do aparelho de ar condicionado. Imediatamente chamaram os bombeiros, que fizeram a retirada do animal. Logo após, a serpente foi solta na natureza.

A cobra era da espécie Jararacuçu, que é venenosa. Eles não souberam informar exatamente como o bicho entrou na evaporadora, pois, segundo afirmam, não é uma espécie que consegue escalar paredes. O mais provável é que tenha subido pela entrada de ar do aparelho, já que pela tubulação seria algo bem improvável..

Tenha cuidado com animais no seu ar-condicionado ou fora dele

Os bombeiros deixam o recado: é época de reprodução, isso faz com que as serpentes fiquem mais ativas e apareçam mais em locais de grande circulação. Segundo contam, tem havido muitos casos de aparecimento de cobras. O ideal, se acontecer uma visitinha inesperada, é que as pessoas liguem para o 193 e não percam o animal de vista. Também não é aconselhado tentar capturar e muito menos matar o animal.

As cobras podem até ser répteis por vezes venenosos, mas são animais silvestres e precisam ser preservados. Os bichos, peçonhentos ou não, estão protegidos pela Lei de Crimes Ambientais, Artigo 29.

Redação do Portal WebArCondicionado.