[ x ] Fechar

Assinado acordo para conter o vazamento de fluidos refrigerantes

  • 17 de outubro de 2013
  • Nenhum Comentário

Foi assinado no início de outubro um acordo de cooperação técnica entre o Ministério do Meio Ambiente e a Associação Brasileira de Supermercados (Abras). O objetivo é conter vazamentos de gases que destroem a camada de ozônio e contribuir para o cumprimento, por parte do governo brasileiro, das metas do Protocolo de Montreal.

O Fundo do Protocolo de Montreal investirá US$ 4 milhões no acordo brasileiro. Serão beneficiados com treinamento 4.800 mecânicos que atuam na área de refrigeração e 100 técnicos de manutenção de ar-condicionado que trabalham em supermercados, em equipamentos que funcionam com hidroclorofluorcarbono (HCFC-22), o gás prejudicial ao ozônio. A capacitação tem como objetivo melhorar as técnicas para redução de vazamentos e ampliar o recolhimento e a reciclagem dos fluidos.

Também serão montados projetos demonstrativos em cinco lojas de supermercados, que terão equipamentos de refrigeração melhorados com novos componentes, para servir de modelo para todo o setor no país. Os modelos evidenciarão a viabilidade econômica da manutenção preventiva. A ação é uma parceria entre o Ministério do Meio Ambiente, Abras, Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e agência de cooperação alemã GIZ.

A intenção é que sejam feitas revisões periódicas nos equipamento de acordo com um calendário de uso. Os supermercadistas ainda contarão com um sistema de documentação online com informações como monitoramento de consumo e previsão das manutenções. Atualmente, são realizados apenas consertos em momentos de pane.

Segundo dados do Programa Brasileiro de Eliminação dos HCFCs, os supermercados consumiram cerca de 6 mil toneladas de HCFC-22 em 2009, valor correspondente a 44% do total do consumido no Brasil.

O próximo acordo do Ministério do Meio Ambiente será com indústrias, visando eliminar em 16,6% o consumo de hidroclorofluorcarbonos até 2015.

Texto criado exclusivamente pelo setor de jornalismo do portal
WebArCondicionado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *