A arquitetura bioclimática, que já existe desde a antiguidade, pode ser a solução mais sustentável para novos edifícios, em países tropicais e subtropicais em desenvolvimento. Essas construções utilizam recursos disponíveis na natureza, como sol, vegetação, chuva e vento, para reduzir os impactos ambientais causados pelo consumo elevado de energia elétrica.

Leia mais: 10 dicas para economizar o consumo de energia do ar-condicionado

Esse tipo de arquitetura consiste em harmonizar a construção com o meio ambiente, estruturando os projetos de acordo com as características bioclimáticas de cada região. Os princípios básicos são: a criação de espaços em ambiente saudável para os moradores e usuários, eficiência energética e consideração do ciclo de vida da estrutura edificada, minimização de desperdícios e uso de fontes renováveis de energia e materiais que não agridem o meio ambiente.

Corredores abertos ao ar livre, telhados com ventilação natural, isolamento de fibra de vidro e uso de materiais naturais são exemplos de como construir uma casa sustentável. E é exatamente isso que visa a arquitetura bioclimática.

Veja alguns exemplos de arquitetura bioclimática da empresa Arquitetura T3, da Ásia:

       Casa industrial verde no Vietnã 

Escritório da T3 no Vietnã

Edifícios de apartamentos no Vietnã

Hotel ecológico em Myanmar

Hotel verde no Camboja

Café no Vietnã

Eco sistema urbano em Shanghai

Redação do Portal WebArCondicionado.