Ar condicionado no metrô com 12ºC de diferença para a superfície é motivo de reclamações em São PauloDepois de tantas reclamações a respeito do calor dentro do metrô em São Paulo, agora alguns usuários estão reclamando do frio. A diferença térmica entre o interior do transporte coletivo subterrâneo e a superfície, chegou a 12ºC nas últimas medições realizadas nas linhas azul, verde, vermelha e amarela.

As reclamações são por conta das temperaturas que muitas vezes ficam abaixo do recomendado pela Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia. Segundo a entidade, a temperatura deve ficar entre 21ºC e 23ºC, para não haver risco de choque térmico para os passageiros. Porém, uma equipe de reportagem do Jornal Folha de São Paulo, entrou em diversos trens e encontrou temperaturas entre 19ºC e 20ºC.

Segundo o Metrô, a temperatura é regulada automaticamente, e fica entre 23ºC e 27ºC, mas alguns fatores, como o número de pessoas, influenciam. E caso algum passageiro sinta frio ou calor, eles o aconselham a entrar em contato, por mensagem sms para o número (11) 97333-2252 ou pelas redes sociais.

86% dos usuários são contra ar-condicionado nos ônibus de São Paulo
O número de ônibus com ar-condicionado em São Paulo subiu de 30 para 60 desde que a prefeitura tornou obrigatório, no começo do ano, os equipamentos nos coletivos. Depois disso começaram as reclamações.

Uma pesquisa realizada pela SPTrans, apontou que 86% dos usuários não aprovavam os ônibus climatizados. Os motivos eram os mesmos que estão levando os passageiros a reclamarem do Metrô, a troca rápida de temperatura ao desembarcar, que pode causar problemas para a saúde, como gripes, resfriados e até mesmo choque térmico.

Redação do Portal WebArCondicionado.